Atos garante entrega efetiva e segura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022

Atos garante entrega efetiva e segura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022

Mais de 64 milhões de pessoas usaram a página de resultados no site e aplicativo oficial olímpico, um recorde para os Jogos de Inverno

São Paulo, 18 de março de 2022 - Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim de 2022 terminaram após uma edição de sucesso, apesar do contexto único em que o evento foi realizado. Esses Jogos viram mais de 3.400 atletas competirem, apoiados por sistemas digitais importantes que foram orquestrados e protegidos pela Atos, aproveitando suas plataformas digitais globais, infraestrutura e experiência em orquestração em nuvem. Há 30 anos, a Atos apoia os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, impulsionando a inovação digital para que todos os fãs de esportes possam acompanhar as conquistas dos atletas em tempo real de qualquer lugar e em qualquer dispositivo. Sem descanso: as equipes da Atos já começaram a trabalhar na preparação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris de 2024.

Orquestrando a espinha dorsal digital por trás de 187 competições

Como Parceiro Mundial de TI do Comitê Olímpico Internacional (COI) e do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), bem como o principal integrador, a Atos executou e orquestrou os principais sistemas digitais de TI que ajudaram a entregar com segurança os jogos de Beijing 2022.

A Atos forneceu mais de 50 aplicativos de TI fundamentais que apoiaram o bom andamento de todo o evento, com 187 competições durante o período de um mês. Incluindo o Sistema de Gestão Olímpica, que apoiou o planejamento e as operações (credenciamentos, gestão da força de trabalho, portal de voluntários, cronograma de competições, inscrições e qualificações esportivas, eVoting) e o Sistema de Difusão Olímpica, fornecendo resultados em tempo real para fãs, jornalistas e emissoras em todo o mundo. A Atos também protegeu a infraestrutura de TI com serviços de segurança baseados em nuvem, incluindo um Centro de Operações de Segurança (SOC), uma Equipe de Resposta a Incidentes de Segurança de Computadores, detecção e resposta de endpoints e serviços de avaliação de vulnerabilidades.

 

Trazendo conhecimento chave em orquestração de nuvem

Pela primeira vez nos Jogos, a Atos implantou seus sistemas em uma nuvem pública. Isso resultou na necessidade de criar aplicativos que pudessem rodar em diferentes ambientes de TI e implementar tecnologias e formas de trabalho inovadoras, como Edge Computing ou DevSecOps, para trazer mais segurança e agilidade a toda a arquitetura. Todos os sistemas críticos foram orquestrados na nuvem a partir do Central Technology Operation Center da Atos em Barcelona, ​​com base na experiência de orquestração em nuvem da Atos.

“Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 viram bilhões de engajamentos em plataformas digitais, testemunhando a crescente popularidade e conectividade dos Jogos. Para esta edição, as equipes da Atos mais uma vez tiveram que ser muito ágeis, pois os Jogos de Tóquio 2020 aconteceram um ano depois do planejado”, afirma Rodolphe Belmer, CEO da Atos. “Estamos orgulhosos de nossa contribuição de 30 anos para o movimento Olímpico e Paralímpico e agora estamos focados em nosso próximo desafio: os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris 2024. Um século após os últimos Jogos Olímpicos em Paris, estamos mais do que felizes em receber a edição de 2024 em nossa cidade natal. Sem dúvida, esses Jogos serão excepcionais!”

“Os Jogos Olímpicos sempre estiveram na vanguarda da inovação tecnológica. E Pequim 2022 não foi exceção graças ao nosso parceiro olímpico mundial, a Atos, que desempenhou um papel fundamental em nossa abordagem e na orquestração de TI e ajudou a oferecer Jogos seguros e protegidos”, pontua Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI). “Como parceiro TOP, a Atos está entregando os principais serviços que são a força motriz do Movimento Olímpico.”

“Gostamos de pensar na equipe Atos como nosso parceiro silencioso. Não os vemos, mas sabemos que estão em segundo plano desempenhando um papel absolutamente essencial. A entrega dos principais sistemas de TI para os Jogos Paralímpicos nos permite interagir com um público mundial e transmitir uma mensagem de inclusão", garante Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC). “Ao longo dos nove dias de competição, nossos atletas exemplificaram como a mudança começa com o esporte. E ao conectar, proteger e habilitar digitalmente os Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022 para todas as partes interessadas em todo o mundo, as equipes da Atos desempenharam um papel importante em nos ajudar a contar a história de como nossos Jogos são uma plataforma para visibilidade de deficiência, acessibilidade, e igualdade de direitos”.

 

Pequim 2022 em números

    • 187 eventos na programação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno com transmissão quase instantânea de resultados para fãs, jornalistas e emissoras;
  • Bilhões de espectadores;
  • 100.000 horas de testes técnicos;
  • Mais de 64 milhões de pessoas usaram a página de resultados no site e aplicativo oficial olímpico - um recorde mundial para os Jogos Olímpicos de Inverno;
  • +250.000 credenciamentos emitidos, que também serviram como um documento oficial seguro de entrada na China;
  • 118.802 participantes gerenciados pelo sistema de força de trabalho, incluindo funcionários do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, e os 18.000 voluntários;
  • +850.000 transações de dados seguras do Sistema de Gerenciamento Olímpico para sistemas integrados de terceiros;
  • Servidores físicos reduzidos em quase 30% em comparação com edições anteriores dos Jogos de Inverno – de 257 servidores em PyeongChang 2018 para pouco mais de 179 em Pequim 2022.
  • Share on Linked In